Homem Assassinado em Catarina e Outro Assaltado em Parambu.

Um jovem identificado como José Edinilto Bento da Silva de 29 anos, foi assassinado agora a pouco por volta de 10 e meia da noite, desta  quinta-feira dia 12 de fevereiro com cerca de 5 tiros a queima roupa. Edinilto residia no Bairro Lagoinha e tinha chegado de São Paulo havia poucos dias. O crime aconteceu atrás do Posto Mota,  nas imediações do Cemitério Velho de Catarina, localizado na saída da CE277, (estrada que liga Catarina ao Distrito de Cachoeira-Arneiroz). Segundo informações de populares três homens pararam um carro ao lado do jovem que seguia a pé para o Bairro vila Nova pela CE 277, quando efetuaram os disparos à queima roupa. O jovem morreu no local. O corpo do jovem está aguardando a polícia para que sejam tomadas os procedimentos legais. O assassinato deixa a população de Catarina cada vez mais em pânico com a onda de violência que tomou a cidade.

Fonte:Blog Ari Cosmo

Um assalto aconteceu na manhã desta quinta-feira, por volta das 10h da manhã, em uma estrada vicinal, nas proximidades da localidade de Lages, zona rural de Parambu.

A vítima , o Sr. Antônio Pedro Bezerra, de 28 anos de idade, informou  que havia partido de Parambu em sua moto, CG Titan 125 ano 2011, por volta das 10h da manhã, rumo à sua residência na localidade de Santa Luzia, em Catolé, tomando como via uma estrada vicinal.

No caminho, no momento em que passava pelo Riacho das Lages, na localidade do mesmo nome, ele havia sido abordado por um elemento encapuzado que, com arma em punho, o rendeu, subiu na garupa de sua moto, o forçou a seguir adiante e depois o fez entrar em uma propriedade cercada. 

Após entrarem no cercado, apareceu um outro indivíduo, também armado, pedindo “o dinheiro”. Diante da situação, Pedro Bezerra havia entregado o valor de R$10.000 reais (dez mil reais), quantia que seria utilizada para pagar por algumas cabeças de gado que este havia comprado.

Depois de tomarem o dinheiro, os assaltantes tiraram a camisa da vítima (camisa manga longa) e utilizaram essa peça de roupa para o amarrarem em uma árvore, onde permaneceu preso até às 13h, quando a polícia tomou conhecimento, através de populares, e o libertou.

Pedro Bezerra contou que a todo o momento a dupla fazia-lhe ameaças, dizendo que iria matá-lo. Após amarrá-lo, os indivíduos fugiram tomando rumo ignorado, levando apenas o dinheiro.

Antônio Pedro Bezerra trabalha no ramo de compra e venda de gado e também é proprietário de um parque de Vaquejada na Localidade de Santa Luzia, Catolé, o Parque Bezerrão.

Fonte:Blog Lenno Barbosa

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites