Aposentado de 73 anos morre em Arneiroz em decorrência de lesão a faca.

Faleceu nesta tarde de terça-feira, 09, em Arneiroz o aposentado Geraldo Pereira da Silva, 73, viúvo, residente no bairro Alto do Viana, em decorrência de  problemas pulmonares recorrentes secundários de trauma torácico prévio, em razões  de perfuração a faca, ocorrido em novembro de 2014, quando o mesmo sofreu uma lesão desferida por um menor, ocasião em que uma mulher foi morta  com uma facada.

Geraldo Pereira ainda estava em recuperação na residência de familiares em Arneiroz, sendo acompanhado por uma equipe médica do Programa Saúde da Família.

O mesmo sentiu-se mal nesta tarde e foi levado ao Hospital Municipal, mas já chegou sem vida na Unidade de Saúde. O corpo do mesmo será velado na Rua Carmelita Dias, bairro Viana, e o sepultamento será na manhã desta quarta-feira, 10, no cemitério de Arneiroz. O horário ainda não foi definido pela família.

Recordando o Fato:

Um menor praticou um homicídio e deixou outra pessoa gravemente ferida na cidade de Arneiroz. O fato aconteceu no dia 07 de novembro/2014, na rua Alberto Feitosa, bairro Viana, em Arneiroz, tendo como vitima fatal a mulher Cicera Andréia Alves Oliveira, conhecida como Cicera do Renato. Ela foi atingida com uma perfuração à faca à altura do peito esquerdo e morreu no local. O corpo foi conduzido para o Hospital de Arneiroz, enquanto aguarda a chegada do rabecão da Pericia Forense.A segunda vitima foi o aposentado e viúvo, identificado como Geraldo Sena. Ele também foi atingido com um golpe de faca à altura do peito esquerdo. Geraldo foi socorrido para o Hospital de Arneiroz, sendo transferido para o Hospital Regional Dr. Alberto Feitosa, em Tauá, onde está internado em recuperação. O menor acusado dos crimes foi apreendido pela Policia Militar de Arneiroz. O casal estava em casa quando o menor chegou, bateu na porta e quando abriram ele imediatamente efetuou as  perfurações nas vitimas. Não foi informado o que motivou as agressões. A mulher deixa uma filha.

O acusado pelo crime foi julgado e condenado a pena máxima de 3 anos de detenção, sendo recolhido a uma casa de recuperação de menores infratores em Fortaleza.

Flaviano Oliveira

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites