Continua sem definição reajuste salarial para professores de Tauá.

O Sindicato Apeoc de Tauá realizou na manhã desse sábado,23,mais uma Assembléia Geral para tratar do reajuste salarial dos professores.Foi a segunda Assembléia para tratar sobre o assaunto e mais uma vez não houve consenso em relação a proposta apresentada pelo executivo.O Sindicato se reuniu na última quinta feira ,21,com o prefeito Carlos Windson e sua equipe e foram apresentadas novas propostas.A 1ª proposta nessa reunião foi um aumento de 2,5% (junho) e 2,5% (outubro).O sindicato entendeu que a proposta era pior que as anteriores e mostrou que era possível elevar esse reajuste: diminuição nas gratificações (cargos comissionados), enxugamento da folha de pagamento, mantendo a qualidade (contratação dos estagiários) e executar o pagamento dos afastados para aposentadoria pelo IPMT.

A Apeoc apresentou uma contraproposta, mas que se caso fosse atacada pela gestão seria submetida a categoria em assembleia geral: 5,16% retroativo a maio (data base da categoria). A reunião foi suspensa temporariamente para a equipe do prefeito analisar a proposta, que posteriormente não foi acatada.

Na sequencia da negociação,a gestão propôs um reajuste de: 3% a partir de julho, 2% a partir de outubro e 1% em dezembro. A justificativa da Secretaria foi o aumento das licenças prêmios e a implantação do 1/3 horas atividades.Antes de começar  a assembleia geral a prefeitura apresentou outra perspectiva de reajuste: 2,95% (maio), 1% (novembro) e 1% (dezembro).

A Assembleia Geral iniciou com a apresentação das propostas da gestão municipal, levando em consideração todo contexto de debate e dialogo com o prefeito e relatando os momentos de divergências de ambas as partes.A categoria não acatou novamente nenhuma proposta da gestão, mas depois de um grande debate então houve um consenso e 02 propostas foram elencadas para ser deliberada pela classe do magistério, como um gesto que não estamos fechado ao diálogo, insensíveis a situação e conscientes da legislação trabalhista, deixando claro que a data base (maio) é um direito assegurado. Após esse período de debate, a proposta eleita de reajuste foi: 6% retroativo a maio.A próxima semana será decisiva,devendo acontecer mais uma reunião para tratar sobre o reajuste.

Com informações do Sindicato Apeoc

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites