Camilo vai criar programa de energia solar para atender produtores rurais

O governador Camilo Santana anunciou, na manhã desta terça-feira (19), durante transmissão ao vivo em sua página no Facebook, que vai criar um programa de geração de energia solar para atender aos produtores da Agricultura Familiar. Ainda segundo ele, até o fim do mês, um projeto será encaminhado para a Assembleia Legislativa, com o objetivo de oficializar as ações do “Consórcio Nordeste”.

O Consórcio Nordeste é uma proposta que foi idealizada na quinta-feira passada, em São Luís, no Maranhão, que tem como meta principal a união dos nove estados prevendo parceria em ações econômicas, políticas, de infraestrutura e social.

“O consórcio vai ser criado por Lei e algumas ações (dos estados) poderão ser feitas conjuntamente”, disse Camilo. “Até o fim do mês, cada Assembleia vai enviar u projeto de Lei para colocar o consórcio em prática”, disse.

Camilo Santana disse ainda que os governadores do Nordeste estão à disposição para contribuir com o debate da Previdência Social, mas que nenhum chefe de Executivo da região abrirá mão de pontos que prejudicam a classe mais pobre da população.

No encontro, também foi discutido a necessidade de defesa de equipamentos que prestam serviços à região, como BNB, SUDENE, CODEVASF e DNOCS. “Precisamos de projetos para o desenvolvimento do Nordeste”, defendeu. O primeiro presidente do Consórcio Nordeste será o governador da Bahia, Rui Costa, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Sobre o projeto de energia solar para a Agricultura Familiar, Camilo Santana destacou que a ideia é aproveitar o telhado da residência do trabalhador rural para instalar placas solares.

“Com essa energia, poderemos gerar energia para o produtor rural, mas também pode-se vender a energia gerada. Estamos formatando o projeto para fazer um projeto pioneiro na área rural, de geração de energia. Isso geraria receita maior para o homem do campo”, disse.

O governador anunciou também que vai sancionar, na próxima sexta-feira (22), a Lei que transforma o programa “Mais Infância” em uma política pública de Estado. “É um passo importante para que o programa não seja apenas uma política de Governo, mas de Estado”, defendeu.

Na área da Segurança Pública, o governador ressaltou os esforços para tentar reduzir os altos índices de violência no Estado, destacando a redução de ocorrências nos últimos meses. “Não vou descansar um minuto. Esse é um trabalho que precisa ser feito 24 horas por dia”, afirmou.

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites