Alteração no decreto de armas: ‘cidadão comum não poderá comprar fuzil’

Depois de muitas contestações na Justiça e no Congresso, o presidente Jair Bolsonaro (PSL),  publicou nesta quarta-feira (22) alterações no Decreto de Armas, editado no início deste mês para facilitar o porte de armas no País.

De acordo com o governo, o novo texto inclui “vedação expressa” à concessão de armas de fogo portáteis, como fuzis e carabinas, ao cidadão comum. 

Em nota, o Palácio do Planalto afirmou que uma das alterações foram feitas “com o objetivo de sanar erros meramente formais identificados na publicação original, como numeração duplicada de dispositivos, erros de pontuação, entre outros”.

CEARAAGORA

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites