Camilo suspende cobrança de taxa de contingenciamento por 90 dias durante pandemia de coronavírus

O Governo do Estado suspendeu a cobrança da taxa de contingenciamento da Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) e isentou famílias de todo o Estado do pagamento das tarifas social e popular do consumo de água. Ambas as iniciativas têm validade de 90 dias e devem beneficiar mais de 1,5 milhão de pessoas durante a pandemia de coronavírus no Ceará.

A informação foi dada pelo governador Camilo Santana durante uma transmissão ao vivo por uma rede social, neste domingo (22).

338 mil famílias
A isenção das tarifas social e popular começam a partir do dia 1º de abril. Segundo previsão do governador, a medida deverá impactar mais de 338 mil famílias na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).

 

As tarifas são válidas para as famílias que consomem até 10 metros cúbicos por mês.

Já o cancelamento da taxa de contigencimento, que reduzia o custo por um consumo reduzido de água, deverá impactar 221 mil domicílios na RMF.

“Essa é uma medida importante pois garante que famílias de baixa renda possam ficar mais tranquilas. São medidas para proteger a população mais pobre do Ceará”, disse o governador.

Reunião

Camilo Santana ainda contou que na próxima segunda-feira (23) deverá participar de uma reunião com outros governadores das regiões Norte e Nordeste para discutir estratégias de combate com o ministro da Saúde e o presidente Jair Bolsonaro.

Insumos

Ainda durante a live, o governador lamentou que empresas de insumos de materiais hospitalares, como máscaras, estejam elevando o preço dos produtos durante a crise de saúde causada pelo novo corona vírus.

“Compravamos máscaras por 16 centavos, mas agora estamos encontrando a R$ 2. É preciso que tenhamos mais solideriedade nesse momento”, disse Camilo.

Enel

O Governo também está tratando de medidas para atender as famílias de renda baixa no Estado referente às contas de luz. Camilo disse que está negociando com a Enel Distribuição Ceará.

“Estou em conversas com a Enel. Temos dialogado alternativas de medidas para esse público mais carente. Assim que tivermos fechado, anunciarei aqui pelas redes sociais”, disse Camilo.

Em nota enviado no começo da noite, a Enel afirmou que “está atenta ao avanço do Coronavírus no País e não está medindo esforços para garantir a operação do serviço de distribuição em todos os estados em que atua”.

“Em conjunto com o Ministério de Minas e Energia (MME) e a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a companhia está focada e comprometida em encontrar soluções que contribuam para que a sociedade e o sistema elétrico enfrentem a atual situação. Eventuais medidas extraordinárias a serem adotadas no atual cenário estão sendo discutidas entre as empresas e autoridades do setor”, diz o texto.

DN

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites