Governo quer criar Auxílio Catador no valor de R$ 261,25 por mês

Governo do Ceará enviou para a Assembleia Legislativa uma lei que cria o Auxílio Catador com o objetivo de apoiar os trabalhadores desse setor com 1/4 do salário mínimo por mês ou cerca de R$ 261,25 mensais. De acordo com o governador Camilo Santana, o programa deverá ser votado pelos deputados estaduais ainda nesta semana.

“Enviei mais uma ação de apoio social, que deverá ser votado e avaliado pela Assembleia Legislativa essa semana que é o Auxílio Catador para os profissionais que trabalham com coleta seletiva de lixo e resíduos sólidos. Era um programa que tínhamos um planejamento de realizar no Ceará. Mandamos a lei para a Assembleia e esperamos atender a centenas e milhares de trabalhadores dessa área para receber um auxílio de 1/4 do salário mínimo por mês”, disse Camilo durante transmissão ao vivo pelas redes sociais, nesta segunda-feira (20).

Além disso, o governador confirmou um novo faseamento para as atividades que ficaram de fora nesta quarta fase do Plano de Retomada Responsável das Atividades Econômicas e Comportamentais em Fortaleza, como academias, escolas e universidades, bares, shows e eventos.

“Algumas atividades ficaram de fora desta etapa e já estão sendo reavaliadas desde a semana passada. O secretário Cabeto (Saúde) está reunido com alguns segmentos para que a gente possa apresentar um novo faseamento para estas atividades. Aliás, vamos reiniciar amanhã ou quarta-feira as discussões desta semana”, acrescentou o governador.

DN

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites