Pandemia afeta 7 de Setembro em Brasília

Em substituição ao tradicional desfile do Dia da Independência, o presidente Jair Bolsonaro participará na manhã de hoje (7) de um evento fechado no Palácio da Alvorada. A versão enxuta da cerimônia deve ter o hasteamento da Bandeira Nacional e uma breve apresentação da Esquadrilha da Fumaça por cerca de 10 minutos.

Para o evento, foram convidadas algumas das principais autoridades de Brasília, como os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), e do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, além de ministros de Estado. No entanto, Maia anunciou que não vai comparecer à cerimônia.

Portaria

De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social (Secom), a solenidade é restrita para as autoridades convidadas e imprensa. Há um mês, o Ministério da Defesa determinou o cancelamento do desfile de 7 de Setembro, que comemora o 198º aniversário da Proclamação da Independência.

Na portaria, a Pasta destacou que, em razão da pandemia do novo coronavírus, não é recomendável pelas autoridades sanitárias “a promoção de eventos que possam gerar aglomerações de público, devido ao risco de contaminação” da doença.

“As condições atuais indicam que tal recomendação deva ainda vigorar durante o mês de setembro, abrangendo, assim, o período de celebração do 198.º Aniversário da Proclamação da Independência do Brasil”, afirma o documento do Ministério.

Nesta segunda-feira, à noite, Bolsonaro planeja um pronunciamento em cadeia nacional de rádio e televisão. No ano passado, a cerimônia do 7 de Setembro foi bem diferente. Bolsonaro conclamou as pessoas a saírem de verde e amarelo nas ruas e quebrou protocolos: desceu do palanque presidencial e percorreu a Esplanada dos Ministérios, ao lado de ministros.

DN

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites