80 homens da Força Nacional para Caucaia até 2º turno

O clima de violência que já deixou dois mortos, além de ameaças e atentados  praticados por facções criminosas na campanha eleitoral do Município de Caucaia, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), levou o Ministério da Justiça e da Segurança Pública a decidir por enviar para o Município, nas próximas horas, um efetivo de 80 homens da Força Nacional de Segurança (FNS).

A tropa vai reforçar o patrulhamento nas ruas para evitar novos assassinatos e incidentes na campanha. O contingente ficará em Caucaia até o 2º Turno, caso este seja necessário para a definição do Pleito.

A decisão do ministro da Justiça e da Segurança Pública, André Mendonça, foi tomada atendendo ao pedido do deputado federal cearense Danilo Forte (PSDB), após este relatar ao titular da Pasta o grave quadro de insegurança na cidade de Caucaia e as ameaças que estão sendo endereçadas ao candidato a prefeito pela oposição, Vítor Valim (Pros) e seu vice, Deuzinho Filho.

Na argumentação ao ministro da Justiça, o deputado Danilo Forte relatou, inclusive, os recentes casos de mortes em Caucaia e atos de terror praticados por membros de facções criminosos. O tucano foi claro ao informar que o candidato Vítor Valim corre sério risco de ser morto nesta reta final da campanha à Prefeitura do Município metropolitano.

Nesta semana, dois assassinatos com provável motivação política foram registrados em Caucaia. Na última segunda-feira (26), o candidato a vereador  Evangelista de Sousa Jerônimo, 51 anos, conhecido como “Batista da Banca” (PSB), foi encontrado morto na noite dentro de sua residência, no bairro  Conjunto Nova Metrópole. Segundo apurou a Polícia, a vítima foi morta a facadas.

Na madrugada de quarta-feira (28), o ativista Clenilton Oliveira da Silva, 22, que trabalhava na campanha do candidato a prefeito pela oposição, Vítor Valim, foi assassinado com cerca  de 14 tiros. O crime aconteceu no bairro Padre Júlio Maria. Um irmão de Clenilton também é  candidato a vereador no Município.

Outras cidades

O envio do contingente da Força Nacional de Segurança à Caucaia  já foi autorizado pelo Presidente da República, Jair Bolsonaro, e independe da liberação das tropas do Exército Brasileiro ao Ceará por decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília.

Mas, além de Caucaia, poderão também receber o reforço da FNS as cidades de Fortaleza, Catarina, Aquiraz, Sobral, Itapajé, Tejuçuoca, Juazeiro do Norte, São Gonçalo do Amarante e outras. Nestes Municípios, o acirramento da campanha eleitoral com ameaças a candidatos e atentados o efetivo colocado pelo governo do estado tem se mostrado insuficiente para a garantia da ordem pública e da lisura na votação.

CEARANEWS

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites