Falha em núcleo que processa contagem dos votos causou atraso nas divulgações, diz presidente do TSE

O atraso na divulgação das apurações das urnas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ocorreu por causa de uma falha em um dos núcleos de processadores do sistema de contagem. A informação foi dada pelo presidente da Corte, Luís Roberto Barroso, em coletiva na noite deste domingo (15).

“Houve um atraso na totalização dos resultados por força de um problema técnico que foi exatamente o seguinte: um dos núcleos de processadores do supercomputador que processa a totalização falhou e foi preciso repará-lo”, disse Barroso.

Essa falha, segundo o ministro, foi o que causou a lentidão na totalização dos votos extraídos das urnas. Neste ano, a Justiça Eleitoral adotou um novo modelo de divulgação. Agora, essas funções se concentram no TSE, diferente de anos anteriores, quando cada estado contabilizava os votos, por meio dos Tribunais Regionais Eleitorais e repassavam para a Corte superior.

Apesar do atraso, a apuração continua legítima, de acordo com Barroso. “Os dados chegaram para a totalização totalmente íntegros e apenas o processo de somar [os dados das urnas] é que ficou extremamente lento em razão de um dos processadores ter sofrido um problema técnico”, explicou.

Ele ainda declara que o TSE espera finalizar a apuração ainda neste domingo.”Neste momento, temos em torno de 50% dos votos já totalizados, com a expectativa de que mais para frente um pouco nós já possamos ter a definição”, disse.

DN

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites