Camilo determina interdição imediata para locais que quebrem normas sanitárias

O Governo do Estado determinou que estabelecimentos que descumpram normas sanitárias estabelecidas para cada atividade recebam multa e interdição imediata por sete dias. Em caso de reincidência, a interdição será de 30 dias. A informação foi publicada na noite desta quinta-feira, 21, no decreto nº 33.904, que adota medidas preventivas para evitar a disseminação da Covid-19 no Ceará.

Anteriormente, a interdição de estabelecimentos era comum após a reincidência da quebra das normas sanitárias estabelecidas pelo Executivo estadual. No caso do Bar da Mocinha, no bairro Meireles, vídeos circularam com aglomerações no local e no entorno durante vários fins de semana. No último dia 16, o local e a praça no seu entorno foram bloqueados.

OPOVO

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites