Alto índice de infestação de dengue na região dos Inhamuns.

O Ceará registrou, em uma semana, entre os dias 19 e 25 de julho, um aumento de 1.240 casos suspeitos de dengue em todo o Estado. Ao todo, foram descobertos 25.834 casos suspeitos de dengue do início do ano até esta sexta, 25. Na análise comparativa em relação ao ano de 2013, observa-se redução de 41% dos casos no Ceará para o mesmo período. Uma pessoa morreu. Na semana anterior, foram registrados 24.594 casos .

Dos casos notificados em 2014, foram confirmados 8.323 em todas as Coordenadorias Regionais de Saúde (CRES), em 128 municípios, o que representa um total de 69,6% das cidades. Alto índice de infestação foi verificado nos municípios de Araripe, Alto Santo, Arneiroz, Brejo Santo, Campo Sales, Icó , Jaguaribara, Jaguaribe, Jijoca de Jericoacoara, Lavras da Mangabeira, Limoeiro do Norte, Nova Olinda, Piquet Carneiro, Pereiro, Parambu, Quixeré, Santana do Cariri, Tauá e Umari, com incidência acima de 300 por 100 mil habitantes.

Dos casos confirmados de dengue, a faixa etária de 20 a 29 anos predomina com 21,9% do total dos casos confirmados. Foram notificados 238 casos graves e 50 óbitos no total, desde o início do ano.

Houve o aumento de 22% dos casos graves confirmados comparados ao mesmo período de 2013 e redução de 49% nos óbitos em comparação ao mesmo período do ano anterior. Dos casos graves confirmados, a capital contribuiu com 53% dos casos de dengue com sinais de alarme, e o interior com 56% dos de dengue grave, segundo a nova classificação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Redação O POVO Online

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites