11 Internos São Transferidos de Tauá para PIRC de Juazeiro do Norte.

Nas ultimas semanas a cadeia pública de Tauá foi destaque na imprensa local e estadual, em razão de alguns motins e espancamento de presos por companheiros de celas realizados pelos internos desta  casa de detenção.

Na madrugada de segunda-feira, 03, novamente os detentos da cela 5, conhecida como “Celão”, tentaram cavar um buraco na parede e quebrar o portão, o  que poderia, consequentemente, haver uma fuga em massa, informou os agentes plantonistas, que evitaram o fato,  acionando o apoio da polícia militar.

Com isso, a SEJUS – Secretaria de Justiça e Cidadania, através da Coordenadoria do Sistema Penal (COSIPE),   tomou conhecimento do caso e esteve em Tauá e realizou a transferência de 11 internos, responsáveis por liderar os princípios de rebeliões registradas nos últimos dias, bem como, por ameaças a agentes penitenciários e  policiais destacados na cadeia pública de Tauá.

Durante todo a tarde e início  de ontem  teve grande movimentação de familiares dos internos e curiosos com frente a Delegacia de Polícia de Tauá.

Com o apoio do COTAR – Comando Tático Rural, os detentos foram transferidos de  micro ônibus  para a PIRC – Penitenciária Industrial Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte. Em Tauá teve também o apoio do Ronda do  Quarteirão e da equipe da  F. T. A – Força Tática de Apoio.

QUEM FOI TRANSFERIDO?

Antonio Caio Alves Duarte – Responde Processo na Lei das Contravenções Penais

Antonio de Sousa Alves (O Marcones) – Responde Processo na Lei dos Entorpecentes – Tráfico

Antonio Zaquiel Luso (Quiel) – Acusado de Participação na Chacina na fazenda São Joaquim

Rafael da Silva Furtado – Processo por porte ilegal de arma e associação ao tráfico.

José de Sousa Alves(Zé Neto) este estava bastante alterado ontem – Responde por formação de quadrilha, porte ilegal de arma e tráfico de drogas.

Lucas Jeferson da Silva (Luquinhas) – Responde por tráfico de Drogas

Marcio José de Matos (O Ocade) – Responde por assalto.

 Luiz de Araújo Mendes (Lulu) – Responde a procedimento na justiça mediante mandado de prisão.

Pedro Romário Vieira Mota – Responde por tráfico de entorpecentes.

Jose Felipe Pedrosa – cumpre mandado de prisão

Expedito Santana dos Santos (conhecido como Carmone de Aiuaba)

Se os demais internos continuarem a tentar fazer rebeliões, também serão transferidos, alerta a coordenação da Cadeia Pública de Tauá.

Mesmo com estas transferências, o presídio público de Tauá, que conta com uma estrutura defasada, ainda conta com 61 internos recolhidos.

Radação Flaviano Oliveira

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites