Açudes no Interior apresentam nível cada vez mais baixo

Das 12 bacias hidrográficas que integram o Ceará, três estão em situação considerada muito crítica (Crateús, Curu e Baixo Jaguaribe). Outras cinco apresentam situação crítica (Coreaú, Litoral, Acaraú, Metropolitana e Banabuiú). O nível médio do volume dos 144 reservatórios monitorados pela Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh) está em 27,5%. É o índice mais baixo já registrado nos últimos 10 anos.

A situação mais crítica é na Bacia dos Sertões de Crateús que só acumula 1,84% de volume médio. Para evitar o colapso geral, o governo do Estado está implantando uma adutora a partir do Açude Araras, em Varjota, para transferir água para as cidades de Novas Russas e Crateús. O mesmo ocorre em Tauá, que deverá receber água do Açude Arneiroz II. “As obras estão dentro do cronograma e já acionamos a Coelce para que não ocorra atraso nas ligações elétricas”, frisou o secretário adjunto da Secretaria de Desenvolvimento Agrário, Antonio Amorim.

É possível que o volume médio dos açudes em dezembro chegue a 20% em decorrência da perda por evaporação e consumo, que é mais intenso nesse período do ano. No início de junho passado, o acumulado era de 32%. Após o fim da quadra chuvosa (fevereiro a maio) houve uma redução de 5% na média geral dos reservatórios. O Ceará enfrenta três anos seguidos de seca. 108 açudes estão com volume inferior a 30%.

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites