Funceme confirma agravamento da estiagem no Estado

A Fundação Cearense de Recursos Hídricos (Funceme) apresentou, nesta terça-feira (20), o prognóstico climático para a quadra chuvosa de 2015 no Ceará. Em evento no Palácio da Abolição, com a presença do governador Camilo Santana (PT), secretários de Estado e representantes da sociedade civil, os meteorologistas do órgão não deram notícias muito animadoras aos presentes. A seca registrada nos últimos anos deverá ser ainda mais severa nos próximos meses.

Eduardo Sávio Martins, da Funceme, apresentou os dados do estudo, que apontou 64% de probabilidade de as chuvas ficarem abaixo da média este ano; 27% para clima normal e apenas 9% para clima chuvoso. De acordo com Eduardo, a análise foi feita com base no monitoramento de chuvas em várias regiões dos nove estados do Nordeste.

Após a confirmação do agravamento da estiagem, que assola todos os municípios do Estado, Camilo informou a estratégia que o governado irá adotar para aplacar as difíceis condições de convivência com a falta de chuvas no período.

“Hoje foi o dia que recebemos oficialmente a condição climática do Ceará para o ano de 2015. Isso significa que 2015 talvez seja o ano que chova menos no Ceará, desde 2012. Já tive reunião anterior com os secretários de Recursos Hídricos, e do Planejamento. Queremos que a secretaria de Planejamento também coordene esse processo, já que esta pasta tem um olhar para todas as áreas do Governo. Determinei a criação de um grupo de trabalho. Existe um processo de acompanhamento hoje, que envolve Cogerh, SRH e Cagece na sede dos municípios”, disse Camilo Santana.

Para o governador, o planejamento será imprescindível para intensificar as ações emergenciais. As instalações de cisternas, adutoras e perfuração de poços profundos, ações  já realizadas durante o governo Cid Gomes (PROS), serão continuadas. Projetos de infraestrutura deverão ser acelerados, como a construção de novas barragens e a continuidade das obras do Cinturão das Águas e da Transposição.

“Estamos construindo um plano, fora o acompanhamento continuado que realizamos cidade a cidade. Isso vai dizer quais são as ações que precisam ser feitas em cada um desses municípios. Ampliaremos a operação carros-pipa do Exército e também operação carros-pipa do Estado”, declarou Camilo, prometendo também procurar a presidente Dilma Rousseff (PT), para requisitar os recursos necessários ao socorro da população cearense.

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites