Pandemia: 71% dos brasileiros apoiam restrição do comércio e serviços contra a Covid-19

Com a pandemia da Covid-19 e o aumento dos casos, foram adotadas medidas mais restritivas em vários estados brasileiros. Uma pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (18) mostra que 71% da população apoia a restrição de comércios e serviços como medida de combate ao coronavírus. No final do ano, 61% eram a favor das restrições.

Outros 28% disseram ser contra as medidas mais rígidas e 2% são indiferente as novas regras. Na pesquisa os entrevistados foram questionados se são a favor, contra ou indiferente à diminuição do horário de funcionamento de comércios e serviços em geral.

A pesquisa foi realizada com 2.023 brasileiros adultos, que possuem telefone celular, em todas as regiões e estados do país entre os dias 15 e 16 de março. A margem de erro é de dois pontos percentuais.

Lockdown

O Governo do Ceará decidiu adotar medidas mais rígidas de isolamento social e todas os municípios do estado estão em lockdown. A situação da pandemia no estado é crítica e dos 184 municípios do Ceará, 130 estão com risco “alto” ou “altíssimo” para transmissão da Covid-19.

Durante a vigência do decreto, poderão funcionar apenas atividades consideradas essenciais, como a construção civil, farmácias e supermercados.

Uma semana após o isolamento social rígido adotado em Fortaleza, a Autarquia Municipal de Trânsito e Cidadania (AMC) registrou uma redução de cerca de 30% no fluxo veicular na cidade em comparação com o tráfego normal antes da pandemia.

+Veja alguns dos serviços autorizados a funcionar:

  • Indústria
  • Construção civil
  • Serviços de órgãos de imprensa e meios de comunicação e telecomunicação em geral
  • Call center;
  • Estabelecimentos médicos, odontológicos para serviços de emergência, hospitalares, laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, clínicas de fisioterapia e de vacinação;
  • Serviços de “drive thru” em lanchonetes e estabelecimentos congêneres;
  • Lojas de conveniências de postos de combustíveis, vedado o atendimento a clientes para lanches ou refeição no local;
  • Lojas de departamento que possuam, comprovadamente, setores destinados à venda de produtos alimentícios;
  • Comércio de material de construção;
  • Empresas de serviços de manutenção de elevadores;
  • Correios;
  • Distribuidoras e revendedoras de água e gás;

CEARAAGORA

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites