Camilo envia ofício pedindo medidas para intensificar o controle sanitário no Aeroporto de Fortaleza

Com o objetivo de conter a propagação da variante indiana do coronavírus, o governador Camilo Santana (PT) enviou ofícios aos presidentes da Agência Nacional de Aviação Civil e da Agência de Vigilância Sanitária, nesta segunda-feira (24), solicitando medidas para controle sanitário no Aeroporto Internacional de Fortaleza. O equipamento é o maior do estado e a principal porta de entrada para todo o Ceará.

“Enviei hoje ofícios aos presidentes da Anac, Juliano Alcântara Noman; e da Anvisa, Antônio Barra Torres, solicitando medidas para intensificar o controle sanitário no Aeroporto Internacional de Fortaleza, em virtude da variante indiana da Covid que foi identificada no país”, publicou Camilo.

Em comunicado nas redes sociais, o governador disse, ainda, ter solicitado reforços para esse controle também nos aeroportos que possuem conexão com o Ceará, seja de origem ou destino.

Em Fortaleza, a Secretaria da Saúde do Ceará monitora um caso suspeito da B.1617, a variante indiana. O paciente é um homem de 35 anos vindo da Índia, que desembarcou na Capital no dia 9 de maio. De acordo com a secretaria de saúde, a Fiocruz analisa a amostra do exame do paciente e deve concluir o isolamento genético até o fim desta semana, para confirmar a presença da variante.

+Veja a publicação do governador:

CEARAAGORA

Rádio Cultura dos Inhamuns Ltda.

Av. Moacir Pereira Gondim 333 || Planalto dos Colibris || Telefones/Fax: (88) 3437 – 1346 e 3437 – 1347

Celular (88) 9719 2020 || E-mail: rcultura@usedata.com.br

Desenvolvido pela Auranet hospedagem de sites